Cuidado! Gergelim, ótimo para saúde, mas pode estragar seu prato.

A dica hoje é sobre o gergelim. Essa famosa sementinha que pode deixar seu prato ainda mais gostoso ou não…..

Esta semana descobri algo curioso sobre o gergelim na prática. Fiz um pão sem glúten que ficou maravilhoso, fofinho, cresceu ficou lindo, porém, tinha um sabor lá no fundo (sabor residual ou o que chamamos de “after taste”) que não estava me agradando.pão com iogurte

Eu não sabia exatamente de onde estava vindo este aroma, era um sabor com notas um pouco verde, um pouquinho amarga difícil de identificar.

Após dias me indagando o que seria, hoje descobri. O tal do GERGELIM.

Sou fascinada por gergelim e isso vem muito antes da doença celíaca, aliás este costumava ser meu biscoito favorito na foto ao lado.

piraque

O gergelim é uma semente com ótimas propriedades para saúde, mas sem a torra da semente o sabor pode ser um pouco desagradável dependendo da quantidade que você coloca na sua receita.

O gergelim que é vendido por ai em supermercados ou empórios, costuma ser o gergelim cru pois, é também uma maneira de conservar melhor a semente já que esta é rica em lipídeos e pode desencadear a oxidação da semente mais cedo quando torrada.

Mas ai foi o grande problema, como eu amo gergelim, eu coloquei uma grande quantidade desta semente no meu pão sem torrar ela antes. Com isto o sabor da semente ficou totalmente diferente e desagradável.

Embora a indicação seja para consumi-lo cru e com casca para obter-se os benefícios das fibras da casca, o sabor pode acabar estragando sua receita, então dica: TORRE A SEMENTE ANTES DE USÁ-LA.

Propriedades nutricionais do gergelim:

Entre os principais benefícios do gergelim está o fato de ser poderoso para combater a prisão de ventre, graças ao alto teor de fibras que melhora o funcionamento do intestino. As fibras que compõem a semente de gergelim correspondem a 10% da sua composição. Mas não é só isso que o gergelim tem: 20% da sua composição consiste em proteínas de alta qualidade, possui metionina ( aminoácido que ajuda na síntese muscular e no metabolismo do fígado), minerais essenciais (ferro, manganês, magnésio, cálcio, cobre e zinco) e fitoesteróis (ajudam a reduzir os níveis de colesterol LDL – conhecido como “colesterol ruim”). Para completar, o gergelim ainda conta com uma combinação das vitaminas do complexo B e um importante ácido graxo conhecido como ácido oleico. (fonte: Jasmine.com.br)

Tipos de gergelim:

São 3 tipos de semente de gergelim: branca que é a crua, levemente dourada que é a semente torrada e o preto. Os três são boas opções para consumo e tem praticamente as mesmas propriedades. O gergelim preto é ligeiramente superior, por conter um pouco mais de vitamina A e antioxidantes.

Como torrar o gergelim:

Para torrar o gergelim é muito fácil.

Em uma frigideira quente coloque a quantidade de sementes que você deseja torrar. Ainda com a frigideira no fogo médio, mexa as sementes constantemente até que comece a liberar uma aroma característico e ficar levemente dourado.

O ideal é que já se utilize este gergelim torrado em seguida mas, se tiver que armazenar, coloque em um recipiente que não seja transparente, protegido da luz e de preferência refrigerado. Isso tudo para evitar a oxidação da semente.

Espero que tenham gostado da dica e se você assim como eu também gosta de gergelim, tem alguma dica legal para compartilhar e até receitinhas, deixe seu comentário aqui para nós.

Super beijos!!!

4 comentários sobre “Cuidado! Gergelim, ótimo para saúde, mas pode estragar seu prato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s