31/01/2017: DO MOLHO DE TOMATE AO LEITE DEVERÃO TER NO RÓTULO: “CONTÉM OU NÃO LACTOSE”

A semana começou com boas notícias para os intolerantes à lactose.

Na semana passada no dia 31/01, foi finalmente aprovada a lei 13.305 de 2016 que obriga que TODOS OS alimentos tragam em seu rótulo a informação CONTÉM LACTOSE, BAIXO TEOR DE LACTOSE ou NÃO CONTÉM LACTOSE independente de ser um molho de tomate, um suco de laranja ou leite, qualquer alimento deverá conter esta informação.

Desde de 2003 essa mesma lei já existia para o glúten, e agora o mesmo vai valer para a lactose mesmo que o produto não seja feito com leite, terá que informar no rótulo se contém ou não a lactose.

Isso por que estima-se que 40% dos brasileiros tenham em algum grau a intolerância à lactose. Ou seja quase metade da população……. é muita gente!!!!

Imaginem que aproximadamente 83.826 milhões de brasileiros são intolerância à lactose, é gente para chuchu!

Não sei se vocês notaram mas, este ano passou a vigorar uma lei que obriga que os alimentos tragam em seu rótulo quais alergênicos este pode conter mas, a lei recentemente aprovada é diferente pois, antes apenas tinha que ser informado a presença de leite e derivados como alergênico e não a presença de lactose:barrinha-chia-exemplo-alergenico

Também não existia uma regra quanto ao teor de lactose que o produto podia ter e ainda assim ser chamado de “Zero lactose” mas, agora todos os alimentos deverão seguir a regra abaixo:

tabela-lactose

O limite de 100 mg de lactose foi definido com base na experiência de outros países que já adotam esta regulação há bastante tempo, como Alemanha e Hungria e é considerado um limite seguro para intolerântes.

O único ponto negativo é que ainda teremos que esperar um pouquinho para estes produtos chegarem ao mercado pois, as empresas terão o prazo de até 24 meses, ou seja, 2 anos para se adequarem à nova regra.

Por enquanto podemos respirar tranquilos sabendo que a lei está firmada e não há como retroceder!

Como serão os novos rótulos?

Usando o exemplo da barra de cereal acima, que não contém derivados de leite, com a nova lei seu rótulo seria assim:

Ingredientes: Semente de gergelim e de chia, maltodextrina e edulcorante natural isomalte.ALÉRGICOS: PODE CONTER AMENDOIM.NÃO CONTÉM LACTOSE.NÃO CONTÉM GLÚTEN.

No exemplo do leite zero lactose da Piracanjuba abaixo, a nova lista de ingrediente seria composta por:

Ingredientes:leite semidesnatado, enzima lactase e estabilizantes citrato de sódio,trifosfato de sódio, monofosfato de sódio e difosfato de sódio. ALÉRGICOS: CONTÉM LEITE. NÃO CONTÉM LACTOSE. NÃO CONTÉM GLÚTEN

picture1

É……. neste aspecto temos que tirar o chapéu para o Brasil pois, quem já viajou para o exterior e passou por algum supermercado, sabe o desespero que é olhar para uma embalagem e não ter essas informações que valem ouro para nós celíacos, intolerantes ou adeptos da dieta sem glúten e sem lactose.

Se vocês gostaram desta informação, não esqueçam de curtir e deixar seus comentários para nós!!!! 😉

Super beijos

 

Anúncios

2 comentários sobre “31/01/2017: DO MOLHO DE TOMATE AO LEITE DEVERÃO TER NO RÓTULO: “CONTÉM OU NÃO LACTOSE”

    • gostososemgluten disse:

      Olá Cláudia, muito boa sua pergunta. Adicionei mais um exemplo para o caso dos leites sem lactose ao post. Mas respondendo a sua pergunta, SIM todos, qualquer alimentos industrializado seja ele lácteo ou não, zero lactose ou não, deverão indicar no rótulo se contém lactose. Obrigada por enviar sua dúvida 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s