O grão com alto teor de fibras, que faz bem a saúde e não contém glúten

PIPOCA DE SORGO, isso mesmo que você leu. Uma das novidades trazidas na feira Gluten Free Brasil deste ano, foi o Sorgo que foi apresentado na forma de pipoca para o publico degustar.

Ficou super parecido com a pipoca de milho porém, em um tamanho bem menor:

MAS, O QUE É SORGO?

O Sorgo é da mesma família do milho. O sorgo é muito fácil de ser cultivado em lugares de quentes e secos sendo principalmente cultivado na Africa.

O Sorgo está entre os grãos em alta no momento não só no Brasil mas mundialmente. Ele é conhecido como um dos “Ancient grains” ou grãos ancestrais em português, que são grãos que existem a milhares de anos no cultivo agrícola, talvez muito conhecido pelos nossos avós mas que com o tempo foram deixados de lado e perderam a importância. Porem hoje com essa onda de saudabilidade e alimentos naturais, estes grãos estão ganhando espaço no mercado afim de substituírem o velho aliado da cozinha, o trigo.

No Brasil, praticamente não há consumo de sorgo na alimentação humana. O cereal é cultivado, principalmente, visando a indústrias de ração animal (DYKES et al., 2005; TABOSA et al., 1993). Nas décadas de 80 e 90, estudos no Brasil mostraram que diversos tipos de farinhas mistas, incluindo sorgo + trigo, poderiam ser utilizadas na panificação, com pouca alteração na qualidade do produto.

Pesquisadores vêm demonstrando que o sorgo integral, além de fonte de carboidratos, é fonte de fibra alimentar e de compostos bioativos (ajudam a promover a saúde e prevenir doenças) além de possuir quantidades consideráveis de amido resistente ( que possuem comportamento similar ao da fibra no organismo) e minerais.

Ou seja, utilizar o sorgo na gastronomia além de não deixar a coloração e o sabor que o milho possui, aumenta o teor de fibras do produto e as fibras alimentares podem contribuir com a saúde cardiovascular e gastrointestinal, prevenção do câncer e no controle do diabetes tipo 2 (TOELLER, 2002).

Espero que tenham gostado desta dica!

Claro que toda nova farinha utilizada na cozinha exige um pouco de testes mas você já pode encontrar algumas receitas na internet e até mesmo receitas das próprias marcas que vendem esta farinha como por exemplo a Farovitta: http://www.farovitta.com.br/receitas—farinha-de-sorgo-integral

Fonte: Embrapa; Scielo: Amido resistente, a última geração no controle de energia e digestão saudável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s