O diagnóstico.

 

 

Como imaginar que alguém que nasceu amando bolos, tortas e bolacha poderia um dia ser diagnosticada como CELÍACA.

Pois então, vou contar todos os detalhes de como cheguei a causa do problema até então nunca cogitado por min.

Sintomas: Os sintomas foram os mais desagradáveis possíveis, inchaço na barriga muitas vezes causada por excesso de gases e que aos poucos foram se tornando episódios de dores intestinais com alteração nas fezes.

O que eu fiz: A primeira coisa que imaginei era estar com verme ou algo do tipo, me alto mediquei com remédios contra vermes, protozoários e alguns tipos de vírus. Como não sou formada em medicina, era de se esperar que alto medicar-se não fosse resolver meu problema.

Passei muito tempo sem ir ao médico, comecei a retirar alguns alimentos da minha dieta os quais, pensei serem os causadores dos meus desconfortos intestinais mas, os dias passavam e nada melhorava.

Posso dizer que passei aproximadamente 1 ano nesta situação. A correria do dia a dia era intensa e ir ao médico realmente não fazia parte dos meus planos. (Muito errado isso eu sei:(…).

O diagnóstico: Finalmente resolvi ir ao médico, então marquei uma consulta com o Dr. Luiz Fernando Z.D. da Silva (clínica CINCOR) da especialidade de gastroenterologista. Eis que o diagnóstico de doença celíaca surge e com direito a intolerância a lactose.

DSC_0256

Teste de anticorpos

A doença celíaca é uma doença autoimune por isso, se mede a quantidade de anticorpos que seu corpo está produzindo contra o glúten, mas como vocês podem ver o título do exame é GLIADINA. O glúten nada mais é que a mistura de duas proteínas a gliadina e a glutenina, esta é a proteína a qual meu corpo criaria anticorpos.

Logo o Dr. Luiz Fernando me encaminhou a uma médica da especialidade de NUTROLOGIA para que o diagnóstico fosse mais completo e o tratamento fosse iniciado.

Fui consultada pela Dra. Célia H. Pereira Mello (clínica Tredici), a qual me pediu uma série de exames incluindo a biopsia do duodeno, exame crucial para determinação da doença celíaca (acelbra).

DSC_0255

Resultado da biópsia.

Em fim agora eu sabia ao menos qual era o meu problema.

 

  • O que é a doença: Existem três problemas de saúde distintos causados pela ingestão do glúten: Sensibilidade ao glúten, alergia ao trigo e a doença celíaca (SBAN).
    • Sensibilidade ao glúten: dificuldade na ingestão do glúten a qual causa uma inflamação de menor grau no trato intestinal e não é uma doença autoimune. A porcentagem de pessoas com sensibilidade é maior do que as com doença celíaca e alergia ao trigo (SBAN).
    • Alergia ao trigo: não representa, necessariamente, reações ocasionadas pelo glúten, mas sim, aos componentes do trigo de maneira geral. Nos casos de alergia ao trigo, a pessoa pode apresentar sintomas respiratórios, como rinite, e sintomas típicos de alergia alimentar, como desconforto gastrointestinal, urticária, angioedema ou dermatite atópica (Jasmine).
    • Doença celíaca: A doença celíaca é uma doença autoimune que provoca um processo inflamatório crônico do intestino delgado e se manifesta sempre que algum produto que contém glúten na composição ou no processo de fabricação é consumido. Geralmente, a doença já se apresenta nos primeiros anos de vida, mas, ela pode estar em sua forma latente (você tem, mas não se manifesta) e então aparecer ao longo da vida (SBAN; acelbra).

 

Tratamento: Uma dieta com restrição total ao glúten (acelbra). Dizem os especialistas que se não tratada adequadamente, a inflamação crônica ao intestino, pode se tornar algo mais grave e até um câncer de intestino, ou seja, não vacilem pessoal.

Onde está presente o glúten:  trigo, cevada, triticale, centeio e aveia.

Espero ter ajudado vocês a entenderem um pouco mais sobre a doença. E se você assim como eu, sofre algum dos sintomas citados, não percam tempo como eu fiz para ir ao médico pois, por demorar muito a descobrir a doença, meu intestino já estava com algumas inflamações as quais diminuirão minha capacidade de absorção de vitaminas e minerais dos alimentos. Para isto, hoje ingiro um suplemento para normalizar as quantidades de vitaminas e minerais em meu organismo.

Se tiverem dúvidas ou quiserem saber mais, comentem aqui no blog ou me mandem um email: maressadelima@hotmail.com

Fontes:

SBAN: Sociedade Brasileira de alimentação e nutrição

ACELBRA: Associação dos Celíacos do Brasil

Jasmine: Indústria de alimentos. Publicação: Glúten: sensibilidade, doença celíaca e alergia ao trigo.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s